quinta-feira, 22 de abril de 2010

Olhar Altivo



Fico impressionada em perceber como algumas pessoas insistem em nos ver e  tratar como incapazes. Desdenham de nossos talentos, duvidam de nossas habilidades, "trucam" nossa inteligência e nos fazem parecer perfeitos idiotas! Simplesmente porque se consideram as melhores pessoas do universo! Aqueles acima de tudo e todos! Aqueles que sabem demais, fazem perfeito, cumprem o papel. Os soberbos. Aqueles a quem Deus abomina.
Eu poderia até dissertar acerca dessas pessoas, mas creio que tais não merecem tanta atenção. A elas, entretanto, deixo meu lamento, meu pesar.
Sinto muito, por serem pessoas tão pequenas que não conseguem tratar com as outras sem que antes, tenham que ao menos tentar diminuí-las ao mesmo nível. Um nível baixo, evidentemente. Mas o único nível que elas conseguem alcançar com sua mesquinhez, altivez e pequenez.  Um altivo precisa diminuir o mundo para sentir-se grande e forte. É lamentável, mas é uma constatação verdadeira.
Como meu objetivo era mesmo ser breve, termino essa reflexão citando um belo texto que peguei emprestado de outro blog. Mais um que estou seguindo e recomendo. Um texto inteligente que merece ser lido, relido e refletido. 
Ah! Aos "melhores do mundo" um lembrete: Ainda é tempo de deixar-se lapidar! Ainda há lugar no Crisol para vocês! O passaporte para a transformação, chama-se coragem. O pontapé inicial chama-se arrependimento. A recompensa disso tudo é uma nova vida!

Reflexão sobre olhar altivo

Olhar altivo, desejo fixo e convicto de ser acima. Acima de tudo, à frente de tudo. Contudo, carente quase sempre de tudo. De tudo que na verdade o leva a nada. Nada... Bagagem pesada... Know-how de vida em vácuo.
Cheio de si, olhar içado pelo ego, segue transbordando arrogância, promovendo distância, corroendo intimidade, obscurecendo a verdade. Verdade do eu no avesso. Avessa a verdade preconizada por pseudo-realidade. Realidade em desigualdade com a pretensa deidade. Deidade coroada pela própria vaidade. Vaidade que se dilui na ambigüidade. Ambigüidade própria da humanidade. Humanidade caída, trôpega e sem vida. 
Claudio Alvares.
http://olharesvistos.blogspot.com/




5 comentários:

  1. Olá, Lisa
    Parabens pelo texto e pelo belo título do Blog. Continue escrevendo e instigando outros à reflexão.

    Claudio Alvares.

    ResponderExcluir
  2. Oi Cláudio!

    Obrigada pelo carinho e incentivo!
    Obrigada pela visita, comentário e inspiração...

    Você já é sempre bem vindo!

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo trabalho no blog. Já estou seguindo.

    Aproveito para lhe convidar a conhecer o meu blog, e se desejar segui-lo, será uma honra.

    Seus comentários também serão muito bem-vindos.

    www.adonainews.com.br

    Vicente Lino da Natividade Apelidado: NEL

    ResponderExcluir
  4. Liss minha irmã, é também as vezes me perguntava porque existe pessoas assim e porque os bons são os que mais sofrem, mais quer saber? Quando passei a entender mais sobre Jesus , sobre como ele amava, entendia, respeitava e como ele tinha tanto pra lapidar os seus discipulos essas coisas se tornaram pequenas pra ele, e assim procuro viver, linda temos tanto que aprender de Deus né? da sua palavra, da simplicidade de viver.Sabe aonde eu trabalhava eu convivia com pessoas assim e fui muito discriminada pelo me jeito de ser mais o Senhor nos ensinou a amar e perdoar. Beijos sua amiga Nayara

    ResponderExcluir
  5. Olá Vicente!

    Seja muito bem vindo e obrigada pela postagem carinhosa! Claro, vou sim conhecer seu blog, com prazer! Que Deus abençoe você!

    Olá Nay... estava sumida, hein?
    Pois é... Essa postagem pareceu um desabafo, não é? Mas o objetivo foi mais um alerta. Um alerta para aquelas pessoas que se distanciam de Jesus por essas práticas e hábitos malígnos... Ainda há lugar em Deus para eles! É só arrependerem-se não é verdade?
    Mas vc está certa. Quando nos aprofundamos em Deus, passamos a amar os outros APESAR do que são. Porque entendemos que Jesus nos ama, APESAR do que somos!
    Não é um ensinamento fácil de colocar em prática não. Mas creio que Deus entende que estamos em fase de crescimento...

    Sua presença é SEMPRE BEM VINDA aqui, Nay!
    Que Jesus te abençoe!
    Beijão!

    ResponderExcluir

Seja bem vindo!
Desde já agradeço por seu comentário.
Certa de que vindo de você vou ser agraciada por observações pertinentes, inteligentes e edificantes!
Te espero por aqui sempre!
Que Deus abençoe sua vida!